Black Friday e Cyber Monday: como aproveitar as datas para vender o ano inteiro

Antes de pensar em Natal e ano novo, os negócios estão voltados para outros dois eventos que mobilizam lojistas de todo o mundo: Black Friday e Cyber Monday.

Isso porque as lojas (tanto físicas quanto digitais) aproveitam essas datas para atrair um número significativo de clientes por meio de ofertas e campanhas promocionais. Segundo o relatório Neotrust, referência em informações no ramo de varejo, os e-commerces faturaram, em 2020, aproximadamente R$ 7,8 bilhões no período entre a véspera da Black Friday e a Cyber Monday. Um crescimento expressivo de 27,7% em relação a 2019.

Quem fala mais sobre esses fenômenos que já compõem o fim de ano dos brasileiros é Ana Paula Macitelli, professora do MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq. Ela explica a diferença entre as duas datas, sua relevância para os negócios, dá dicas de como aplicar na sua marca e muito mais! Vem ver!

Black Friday X Cyber Monday

Antes de aprofundarmos no assunto, é preciso entender as diferenças entre a Black Friday e Cyber Monday. Ana explica:

“A Black Friday foi criada nos Estados Unidos, em Nova York, para alavancar as vendas do varejo pós-feriado de Ação de Graças, para fazer com que os negócios ‘saíssem do vermelho’ e fossem para o ‘preto’. Com o passar do tempo se tornou uma data importante para o varejo em todo o mundo.”

Segundo a professora, embora a Black Friday fosse voltada ao varejo físico, com o tempo ela também passou a contemplar o e-commerce, até se tornar o que conhecemos hoje.

Quanto à “segunda cibernética”, de acordo com Ana, “a Cyber Monday se originou em 2005 e se difere da Black Friday por focar apenas em canais digitais com ênfase em produtos eletroeletrônicos, eletrodomésticos, smartphones e computadores.”

Leia mais: Conheça o MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq

Importância para os negócios

Quando pensamos em Black Friday e Cyber Monday já fazemos a ligação com o sucesso mundial das datas. Afinal, é normal encontrar famílias que aguardam esses dois eventos para realizar compras pessoais ou mesmo garantir os presentes de fim de ano. Ana explica a importância das datas na visão dos clientes e dos varejistas.

“Para o consumidor, funcionam como datas para realizar compras planejadas visando um preço mais acessível e compras de itens aspiracionais que estejam mais acessíveis. Para o varejo, é a oportunidade de aumentar o ticket médio, baixar estoques e atrair mais clientes.”

Cintura de um homem e, em seus braços, ele está segurando diversas sacolas de compras da Black Friday e Cyber Monday.
O sucesso mundial de datas como Black Friday e Cyber Monday é uma ótima oportunidade para os varejistas.

E se a Black Friday e Cyber Monday são tão efetivas, fica o questionamento…

É possível utilizar esses eventos para atração e fidelização de clientes?

De acordo com a professora, “Sim é possível. Porém é importante lembrar que, em ambos os casos, a empresa deve ser transparente em sua precificação e apresentar promoções que realmente sejam exclusivas e de alto impacto. Quanto à fidelização, as empresas que realmente conhecem seus clientes possuem a oportunidade de oferecer vantagens customizadas, de forma que sejam únicas para cada cliente.”

Black Friday e Cyber Monday durante todo o ano

Ana explica que, embora os eventos sejam sazonais e pontuais, eles são essenciais para atração de novos consumidores e daqueles que já fazem parte do calendário anual de vendas. É importante adequar as demais ações e precificações durante o ano pensando na Black Friday e Cyber Monday. E, quando as datas chegarem, participar. “Estar de fora pode ser muito prejudicial”, aponta a professora.

“Para que as datas influenciem positivamente nos negócios é importante que a empresa conheça os seus clientes e, a partir desse entendimento, realize um planejamento de produtos para que eles estejam disponíveis e não haja rupturas e falta de criatividade para o desenho de ofertas atrativas.”

Dois balões vermelhos com sinal de porcentagem representando os descontos da Black Friday e Cyber Monday.
A precificação dos produtos é um dos pontos-chave da Black Friday e Cyber Monday, e também a porta de entrada para fidelização de clientes.

Leia mais: 6 temas de Varejo para você aprender antes do próximo ano

Cases de sucesso

E em meio a tantas empresas e negócios dos mais variados, é um desafio se destacar no mercado e cair nas graças dos clientes. Segundo a professora, “no Brasil, de acordo com a Rock Content, as melhores Campanhas de Black Friday em 2020 foram:

  • Magazine Luiza
  • Dafiti
  • Lojas Americanas
  • Ricardo Eletro
  • Netshoes
  • Extra
  • Amazon”

O que será que faz a diferença?

Bônus: como aplicar a Black Friday e Cyber Monday nos negócios

Embora pareça muito difícil chegar no nível das grandes empresas, fique sabendo que não é impossível. O primeiro passo é alinhar suas estratégias e objetivos e escolher com sabedoria como proceder. A professora dá algumas dicas:

  • Crie expectativas para a data
  • Conheça muito bem seus clientes
  • Estruture bem e organize a estratégia de ofertas e descontos oferecidos
  • Invista sem medo em um conteúdo específico
  • Busque automatizar sua comunicação de marketing
  • Foque na data, mas com o pensamento na fidelização de seus clientes no futuro

Dessa forma, você vai poder usufruir da Black Friday e Cyber Monday e vender o ano todo. Gostou dessa matéria? Então aproveite e se inscreva hoje mesmo no MBA em Varejo Físico e Online USP/Esalq para aprender muito mais!

Você também pode gostar desses conteúdos:

Autor (a)

Compartilhar

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here