Gestão de Vendas no currículo: como aproveitar a onda de crescimento econômico

As transformações tecnológicas que vimos nos últimos meses alteraram profundamente a sociedade e o meio empresarial. E quem tem a Gestão de Vendas no currículo percebeu que a área passa por mudanças, mas continua sempre firme, sendo um alicerce das empresas.

“Nas organizações, tudo começa e termina em vendas”, reforça Francisco Javier Alvarez, professor e vice-coordenador USP do MBA em Gestão de Vendas USP/Esalq. “A integração e consolidação das atividades empresariais exigem domínio dos conceitos de Gestão de Vendas, uma vez que é o objetivo comum de todas as áreas”, destaca.

Mesmo quando pensamos em startups e novos negócios, por melhor que seja a ideia ou solução desenvolvida, Alvarez enfatiza que o sucesso depende de um modelo de vendas bem gerenciado.

Ainda dá tempo: 2021 é o ano do seu MBA! (segundo o Google)

O B2B em 2022

Se você está pensando em incluir a Gestão de Vendas no currículo, saiba que o momento é ideal. Alvarez explica que o período de pandemia trouxe um desbalanceamento na cadeia de suprimentos, já que algumas atividades viram sua demanda crescer e outras tiveram que ser paralisadas.

O resultado disso é escassez de determinados produtos e serviços e até de containers na logística internacional, impactando diretamente as relações comerciais entre empresas, de um lado porque a falta de um pequeno componente pode parar toda uma linha de produção e de outro porque a ausência exerce pressão sobre o aumento de preços.

“Com tudo isso em mente, 2022 promete um período com clientes tensos pela falta de produtos e aumento dos preços. Será um ano em que bons relacionamentos, desenvolvidos ao longo do tempo, serão colocados à prova e haverá a necessidade de análises técnicas, baseadas em dados e na visão de futuro para definir como abastecer uma demanda superior à oferta”, orienta o professor.

E ele vai além: “Todo esse movimento irá influenciar não apenas o próximo ano, mas também os anos seguintes, em função do posicionamento da área de vendas. Serão momentos de grandes desafios e quem tiver controle sobre os processos, com certeza, saberá aproveitar as oportunidades que surgirão.”

Leia mais: Vendas B2B: confira dicas e estratégias

Onda de crescimento

Depois de saber tudo isso, você ainda está se perguntando qual o momento certo para começar sua jornada e colocar de vez a Gestão de Vendas no currículo? Segundo Alvarez, a expectativa é de início de um ciclo de crescimento econômico a partir de 2022 e 2023.

“Esse movimento resultará em novos investimentos e novas demandas das empresas por profissionais, não mais aqueles que deixaram a empresa, mas os que estão preparados para o novo ambiente de negócios, particularmente na área de vendas”, diz.

Começar o MBA em Gestão de Vendas agora significa estar preparado e habilitado para se apresentar ao mercado como esse novo profissional, no momento exato em que as empresas estão investindo e buscando especialistas, que estão escassos no mercado. “O momento de se preparar e aproveitar essa nova onda de crescimento é agora!”

Leia mais: Depoimentos: experiências compartilhadas de quem fez MBA USP/Esalq

O que significa ter Gestão de Vendas no currículo?

Os profissionais com Gestão de Vendas no currículo aprenderam, em um ambiente de aprendizagem amplo, os conceitos de negócios que permeiam as empresas neste novo ambiente e investiram no desenvolvimento da carreira, da reflexão e do senso crítico, muito mais do que apenas na resolução de problemas pontuais.

Segundo Alvarez, essas habilidades estão no radar das empresas já há alguns meses, pois são constantemente apontadas como essenciais em fóruns da ONU (Organização das Nações Unidas) para profissionais do futuro em ambientes de mudança constante.

No MBA USP/Esalq, esse conhecimento adquirido é naturalmente validado pelo certificado da USP (Universidade de São Paulo), conferido a todos os alunos concluintes dos cursos. 

Leia também: 6 benefícios que diferenciam o MBA USP/Esalq

Comece agora!

Se você quer que a Gestão de Vendas no currículo signifique que você cursou uma pós-graduação com mais de 50% de professores doutores da USP, com forte domínio conceitual e aplicado, e professores de atuação no mercado, que se destacam na aplicação prática em sua área, então você quer MBA USP/Esalq. “Nosso objetivo é buscar o equilíbrio entre teoria e prática, ampliando a forma de aprendizagem”, observa Alvarez.

“No MBA em Gestão de Vendas USP/Esalq, o aluno encontrará um ambiente de aprendizagem estimulante, tanto pela presença dos professores e possibilidade de interação nas aulas, que são ao vivo e online, quanto pelas múltiplas atividades desenvolvidas ao longo dos 18 meses de duração do curso”, explica.

Nesse sentido, a recomendação do professor é reservar tempo para absorver e consolidar o conhecimento disponibilizado ao longo do curso, com calma e dedicação. “A jornada pode parecer longa, mas o aluno adquire algo que ninguém pode tirar, que é, exclusivamente, seu por toda a vida: o conhecimento.”

A última chance de você garantir a Gestão de Vendas no currículo, com certificado USP, está aqui. Ainda dá tempo de você se inscrever para a turma do segundo semestre. É só clicar aqui!

Você também pode se interessar:

Autor (a)

Marina Petrocelli
Mais de 12 anos se passaram desde minha primeira experiência com Comunicação Social. Meus primeiros anos profissionais foram dedicados às rotinas de redações com pouca ou nenhuma relevância digital. O jornalismo plural se resumia em apurar os fatos, redigir a matéria e garantir uma foto expressiva. O primeiro sinal de mudança veio com a proposta para mudar de realidade e experimentar um formato diferente de produzir. Daí pra frente, as particularidades do universo do marketing se tornaram permanentes. Ah! Também me formei em Direito (com inscrição na OAB e tudo). Mas nem tudo se resume às minhas habilidades profissionais. Como produtora de conteúdo, me interesso por boas histórias, de pessoas reais ou em séries, filmes e livros, especialmente distopias. Gosto de montar roteiros de viagens e reconhecer estrelas e constelações em um aplicativo no celular. Museus, música e arte no geral chamam minha atenção, assim como cultura pop.

Compartilhar