Entenda o peso de uma pós-graduação no mercado de trabalho

Nos últimos anos, a demanda por profissionais com pós-graduação cresceu e, como consequência, pessoas com formação superior têm buscado aprofundamento técnico em suas carreiras de modo a se destacar no mercado e alcançar objetivos pessoais voltados ao aumento salarial e boas condições de trabalho. Desde que alinhado a um plano de carreira, todo conhecimento adquirido torna o profissional mais competitivo dentro do mercado de trabalho. É o que ressalta Leonardo Berto, gerente de negócio da Robert Half, empresa especializada em recrutamento e seleção. O conselho, entretanto, é não ingressar em uma pós-graduação pensando apenas em reconhecimento financeiro imediato. “As vantagens vão além, como a troca de experiência com colegas e professores; maior conhecimento para buscar novas oportunidades na empresa onde atua ou fora dela; e ampliação da rede de contatos, que tende a expandir as oportunidades no mercado de trabalho. É esse conjunto que compensa o investimento de tempo e dinheiro do profissional. ”

Carreiras

Entre as maiores demandas do mercado para pós-graduação, atualmente estão aquelas relacionadas a carreira escolhida ainda na graduação. Em paralelo, os recrutadores estão de olho em cursos que capacitem o profissional para atuação nos setores de gestão de negócios e pessoas, processos, planejamento, governança corporativa e compliance. “É possível encontrar em um processo seletivo de uma vaga em marketing, por exemplo, candidatos graduados na área concorrendo com outros que concluíram o curso em comunicação e decidiram se especializar em marketing. Aliás, é comum encontrar profissionais atuando na área relacionada à sua pós-graduação e não necessariamente nas correlatas a de graduação. O único ponto de atenção é que as decisões tenham como base um plano de carreira”, completa Berto.

Maior qualidade e menor quantidade

Chegada a hora da seleção, atenção redobrada ao currículo e a quantidade de cursos informada aos recrutadores. “Certamente o que conta é a qualidade das especializações e se elas vão ao encontro dos objetivos de carreira do profissional. Minha recomendação é que o profissional não emende uma pós na graduação sem antes ter conhecimento sobre as particularidades do mercado de atuação”, completa Berto, que lembra que o cuidado é uma forma de evitar possíveis frustrações ou desmotivação. Ademais de uma pós-graduação, o gerente recomenda não esquecer de inserir nas prioridades de domínio a fluência em outros idiomas, como inglês e espanhol, que também atraem a atenção dos recrutadores, principalmente quando a vaga oferecida se refere a multinacionais ou empresas brasileiras que mantêm negócios com organizações de outros países. Ainda está com dúvidas? Leia no Next Por que fazer um MBA. E conheça os MBAs USP/Esalq, cursos de especialização Lato sensu da Universidade de São Paulo. Os cursos são oferecidos nas modalidades a distância (aulas online) e presencial. Clique aqui.

Autor (a)

Ana Rízia Caldeira
Boa ouvinte, aprecio demais os momentos em que posso ver o mundo e conhecer as coisas pelas palavras das outras pessoas. Não por menos, entrei para o jornalismo. E além de trazer conteúdos para o Next, utilizo minhas habilidades de apuração e escuta para flertar com a mini carreira de apresentadora nos stories do MBA USP/Esalq, no quadro Você no Camarim. Quando não estou me ocupando em ser a garota dos textos e do Instagram, gosto de usar meu tempo para devorar livros, acompanhar algum bom filme, enfeitar minha casa com tapetes de crochê, desenhar flores e abusar dos meus dotes na cozinha.

Compartilhar