Tecnologia aproxima quem vai passar o Natal longe da família

christmas-keyboard_shutterstock_42706651

O aluno do MBA USP/Esalq em Marketing, Jeferson Zanim, 30, vai passar o primeiro Natal longe da família. Nesse caso a distância é continental. Morando atualmente na Irlanda, Zanim já utiliza a tecnologia para se comunicar com a família e para fazer o curso online em Marketing. E no Natal não será diferente.

Felizmente, desde o advento da internet e a evolução dos meios de comunicação, as distâncias entre as pessoas foram reduzidas e a saudade pode ser amenizada. “Apesar da grande distância, é importante manter o relacionamento contínuo através de mensagens, ligações e videoconferências, não apenas nas datas comemorativas. Assim nos adaptamos à separação aos poucos. Esse será o primeiro Natal que passarei longe da família e a tecnologia hoje é a principal forma de aproximar as pessoas”, reforça.

A diferença cultural e as tradições de um país muito diferente do Brasil vão promover uma nova experiência na vida dele. Na Irlanda, Zanim vai passar o Natal com amigos estrangeiros e alguns brasileiros que estão na mesma situação que ele, longe da família.

“A proximidade com o Natal ajuda a lembrar que, apesar da distância da família e dos relacionamentos próximos que estão no Brasil, também cultivamos novos relacionamentos em todos os locais pelos quais passamos e que a felicidade pode ser encontrada em qualquer lugar, se você estiver aberto a novas possibilidades”.

E você, como vai celebrar o Natal? Se a sua família ou outras pessoas queridas estiverem longe, utilize a internet e a tecnologia para conectar-se com elas. Aproveitem!